Olá,

Venho primeiramente te dizer que todas as coisas que esqueceu na minha casa, tomei a liberdade de empacotar tudo e deixar na portaria do seu prédio. Que tudo o que construímos juntos não precisa ser destruído só porque você decidiu por outro alguém. Que eu não estou magoada com você, na verdade eu estou muito feliz com você, pois soube que finalmente encontrou o que almejava a muito tempo, mas cansei de saber que você está feliz sem mim.

É irônico, logo eu que aos poucos me afastei de você, numa estúpida sensação de que eu era melhor do que você, foi quando eu me mostrei pior em todos os sentidos, e você não faz ideia de como é terrível pra mim assumir isso publicamente.

Não consigo ver você com ela ao seu, sendo que deveria ser eu. Se eu não tivesse sido tão idiota naquele tempo em que você mais precisava de mim, meu orgulho me fez cegar diante das besteiras que eu fazia e, principalmente, dizia. Eu odeio vê-la postar fotos suas, felizes, juntas, onde eu estive em outro momento, mas aprendi a aceitar isso, como um cego que inevitavelmente convive com sua cegueira, dia após dia.

Me doe, me doe profundamente te dizer este último adeus, mas eu me vejo forçada a dizer isso. Mesmo que você não leia, só pra eu ter certeza dentro do meu coração que o nosso tempo passou. Coisa que eu estou custando em aceitar, mas acredito que agora estou quase lá…

Principalmente, nas últimas fotos em que eu te vi tão feliz sem mim, não reconheci o olhar que me conquistou, você mudou muito desde que nos separamos, e acredito que isso me fez encarar isso melhor, já que quem eu amo não existe mais, apenas nas minhas doces lembranças. Infelizmente, foi mais uma pessoa que se perdeu na tormenta de sentimentos e coisas que a vida nos trás, mas acredite, a maioria dessas coisas não valem a pena.

Tenho minha consciência tranquila e um monte de lembranças, nenhuma delas me machucam, porém, carregam muitas saudades! Espero que suas saudades com relação a mim seja semelhante, que você guarde no olhar aquele tom de carinho, gratidão e saudade. Afinal tudo o que vivemos não será vivido por mais ninguém, serão lembranças que guardarei para sempre no minha memória e em algumas fotos que teimo em não tirar dos porta-retratos.

Fique com Deus, mesmo de longe, sempre torcerei por você.

Assinado:  Sua eterna Amiga, quase Irmã.

~~

Lila Carvalho

Anúncios

Cansada das mesmas conversinhas. Cansada de ouvir idéias que não levam nada adiante. Frustrada de mais pra poder seguir adiante sem nenhuma cautela…

Engraçado é que horas antes da minha viagem ouço que o passado ainda não esqueceu… Aiaiai… Pena que eu já!

Dá saudades? Lógico que dá!

Dá vontade de um flash back? Com certeza!

Dá pra rolar o flash back? No way! A cada dia que passa tem muito mais coisa em jogo, muito mais gente envolvida, que acaba gerando muito mais confusão…

Acho que eu prefiro permanecer inerte porque os efeitos colaterais da minha inércia é nada! Acho que eu prefiro saborear um período tranquilo e ameno e não correr risco algum, a viver fortes emoções e sofrer as consequências depois.

E a cada dia que eu penso nisso percebo que vai ser impossível permanecer assim por muito tempo. Quem sabe o que me aguarda? Quem sabe o que não me aguarda?

Eu prefiro pagar pra ver se aquela história vai sair do lugar e se aquela outra não vai dar em nada. No final das contas é tudo igual! Tudo muito igual.

~~

Idéias soltas sem nexo, sem sentido, sem contexto. Nem eu mesma entendi essa de hoje…

Saudades do tempo da ultima vez que eu vi a Lua Cheia nascer, em que minha única preocupação era sobreviver e vestibular.

No tempo em que a passagem de ônibus era de papel e custava metade do que é hoje.

No tempo em que eu acreditava que tudo seria perfeito.

No tempo em que conto de fadas poderia ser real…

Mas no final das contas, o agora sempre vai ser melhor.

Por isso eu faço questão de ser feliz todos os dias…

~~

Às vezes eu simplesmente odeio quando eu fico excessivamente reflexiva!

Porque você tem que lembrar? Principalmente pela distância que existe entre nós.

Quando eu penso em você eu sinto um misto de saudade e decepção, de amizade e querer mais, de você e de mim.

Outro dia reli aquela carta que te mandei. Sim, eu tenho uma cópia dela. Eu tive a sensação de que era melhor que você quando a li, talvez eu tenha razão.

Olhando um pouco a história, percebi uma linha, onde eu podia realmente ter feito alguma coisa, onde eu simplesmente podia ter perguntado: “E se eu estivesse só?”, a sua resposta poderia ter mudado tudo.

Minha atitude poderia ter mudado tudo.

Ao invés disso, preferi jogar com o impossível, e admirar a beleza das possibilidades de longe, ao invés de ter vivido elas.

Me arrependo de não ter feito a pergunta certa, e ao mesmo tempo me arrependo de não ter mudado nada. Quem sabe o seu medo do futuro simplesmente não teria feito tudo desabar?

Quem sabe a distância não teria estragado tudo?

Quem sabe de alguma coisa?

Sinto que seus pensamentos não se acabaram, e que a saudade persiste em bater à nossa porta, mas a nossa unica opção é aceitar as coisas que a vida nos destinou. E vivê-la de maneira plena.

Eu sei que você está feliz. Eu sei que estou feliz. Mas a saudade do que não aconteceu mata, né? O desejo de ter tido uma atitude diferente dói de mais!

Mas não temos outra escolha! Não temos escolha!

A não ser, olhar o passado com saudade, e o outro que deveria ser nós com inveja, mas uma inveja saudável, daquelas que diz:

” Não erre como eu errei. E faça essa pessoa, a quem tenho tanto apreço, feliz! Só me faça esse favor…”

Ter certeza que isso acontecerá, mesmo sem eu dizê-lo, me deixa muito feliz!

~~

my20bluberry20nightsAcabo de assistir um dos filmes românticos de que eu mais gostei em tda a minha vida. É incrível como filmes desse gênero me faz mudar totalmetne a perspectiva sobre alguma coisa que eu percebo do mundo.

Me recordando de vários acontecimentos da minha vida, percebo que em muitos momento as pessoas simplesmente afastam aquilo que mais desejam e presam, por nenhuma razão aparente, normalmente as coisa não tem uma razão de ser.

O amor está ali, mas ele é impossível de ser vivido por aquela pessoa, às vezes por acreditar que não merece, por não saber por onde começar, ou por simplesmetne não ter se decidido de algumas coisas durante a própria, de repente a gente abandona um sentimento por acreditar que ele de alguma maneira atrapalha algo em nossas vidas. Normalmente fazemos as coisas sem nenhuma razão, simplesmente não há o que interpretar, simplesmente as coisas são como são e pronto!

A gente sempre ama tudo, raramente as pessoas não se amam. Apenas não identificam tal amor, ou não sabem como demonstrar. É difícil de compreender como se pode amar alguém com quem esteve realmente apenas duas noites, ou  dois meses, ou vários anos. É difícil admitir que se ama alguém. Fazê-lo é declarar que fará exatamento tudo por aquele ser, é declarar que aquela pessoa faz toda a diferença para você, e admitir que tudo o que vem dela te importa, mesmo que não seja exatamente o que você desejaria que viesse. Você simplesmente absorve, e toma aquela energia para si. De maneira tal, que mudará todo o seu comportamento para todo o resto de sua vida. Nunca saberei quanto ao certo alguém (pode até ser você) fez diferença em minha vida, ou se ainda fará.

O fato é que um pedaço de cada pessoa que eu amei de alguma maneira, seja fraternalmente, amigávelmente, romanticamente, ou carnalmente, cada um tem um pedacinho dentro de mim. Partícula que eu vislumbro em algum momento de algum dia inspirador, entorpecida por uma bebida transparente, ou mergulhada numa fumaça densa de boate, de incenso, de cigarro. Vislumbro cada participação especial e sorriu com as boas coisas, velhas ou não.

Enxerguei no filme vários amantes que fugiram de seus amados, sejam ex´s, sejam parentes que não compreendemos, seja alguém que desejamos amar. Em algum momento de nossas vidas temo que nos despedir de quem amamos por escolha própria. Aparentemente a razão daquilo é a mais estúpida, mas nem sempre há razão. Quase nunca há razão!

Mas quando existem, elas nos fazem seguir o caminho que escolhemos com mais firmesa. Até o momento em que não poderemos mais voltar atrás, e nunca mais poderemos mudar de idéia pelo que fizemos. Acho que todos nós temos esse momento em nossas vidas. Eu tenho todos os dias…

Nesse momento não posso voltar atrás a minha decisão de comer um pacote de biscoito ou jantar comida de verdade, pois meu pacote de biscoito já acabou. Assim como esse texto…

amor-95822 Bicudos – Ana Carolina

Quando eu te vi andava tão desprevenido
Que nem ouvi tocar o alarme de perigo
E você foi me conquistando devagar
Quando notei já não tinha como recuar

E foi assim que nos juntamos distraídos
Que no começo tudo é muito divertido
Mas sempre tinha um amigo pra falar
Que o nosso amor nunca foi feito pra durar

Por mais que eu durma eu não descanso
Por mais que eu corra eu não te alcanço
Mas não tem jeito eu não sei como esperar
Desesperar também não vou
Não vou deixar você passar
Como água escorrendo nos dedos
Fluindo pra outro lugar

Ninguém pode negar que o nosso amor é tudo
Tudo que pode acontecer com dois bicudos
Não são tão poucas as arestas pra aparar
Mas é que o meu desejo não deseja se calar

Até os erros já parecem ter sentido
Não sei se eu traí primeiro ou fui traído
Não te pedi uma conduta exemplar
Mas é que a sua ausência é o que me dói no calcanhar


Por mais que eu durma eu não descanso
Por mais que eu corra eu não te alcanço
Mas não tem jeito eu não sei como esperar
Desesperar também não vou
Não vou deixar você passar
Como água escorrendo nos dedos
Fluindo pra outro lugar
Será sempre será
O nosso amor não morrerá
Depois que eu perdi o meu medo
Não vou mais te deixar

Como se nada fizesse sentindo com qualquer fim. Como se nunca tivesse existido o temido fim. Me parece que eu nunca saí daquele tempo, que nunca vivi outro momento, e que nada me trouxe o vento.

Desde aquele tempo eu mudei, você também. Eu cresci, você também. Eu amadureci, vivi, beijei, namorei e enamorei, e você também. Mas me parece que nada mudou, eu e você continuamos sendo os mesmos e que nada daquele tempo se foi, a não ser o próprio tempo.

Queria ter a cara de pau de correr atrás de você, mas eu sei que sua decisão mudou junto com você. E que as minhas oportunidades esvaiaram como areia ao vento. Vuuuuuuuuu

Então mais uma vez…adeus!

Pela milhionésima vez…ADEUS!

Queria so saber porque o meu passado distante ainda assola minha mente?

Sabe, parece que a última coisa que eu quero realmente eh esquecer qualquer coisa. Tudo o que passou na minha vida parece vivo e presente, tanto quanto o dia de ontem…

Parece-me que as saudades de tempos longícuos e de tempos mais próximos se assemelham de uma maneira muito estranha. Só que os tempos mais distantes só quem se recorda bem sou eu, so quem relembra das coisas com tantos detalhes sou eu, so quem ainda vive aquele sentimento aparentemente esquecido sou eu!

Me sinto ridícula com todas essas coisas!

Não sei mais como reagir com tudo isso. Antes eu tinha um suporte, agora tudo o que vem a minha mente é a pura possibilidade de correr atrás de algo que não existe mais e sofrer com isso mais ainda. Para quê sofrer mais ainda?

Acho que seria maravilhoso num momento destes eu me apaixonar loucamente de novo. Acho que ainda não me perdi loucamente por alguém. Acho que tudo o que houve com o último alguém foi muito racional… Isso é triste… Não consigo enchergar o amor como algo racional…

Não sei o que virá de minha vida agora…

Só sei que algo virá!