Na minha tentativa louca de evoluir, caminho incessantemente na loucura de compreender o ser humano. Tem enxergar entre erros e acertos, entre trancos e barrancos, a real intenção de cada um. Tentando compreender o que aquele ser sente, pelo o quê ele passar, cada miligrama de amor que ele esparrama pelo olhar, pelas palavras pelo caminho.

Todos os seres sofrem. Acredite, cada um a sua maneira sofre, ama, se ilude e se decepciona todos os dias, mesmo que não pareça…

Não consigo compreender como alguém consegue fugir do próprio sofrimento? De nada adianta descontar noutro ser. De nada adianta seguir adiante sem absorver a dor e curar a cicatriz. Nada que se faça supre a necessidade de vivenciar a dor de uma decepção.

Não falo de relacionamento homemXmulher, falo de relacionamentos. E a frase se conclui aí!

Normalmente, resumimos a falar de relações amorosas, mas toda a vivência com qualquer pessoa desenvolve uma relação. Se tratássemos cada relação como vivenciamos com nossos respectivos amores, talvez as amizades, as relações familiares e de trabalhos teriam outra perspectiva e outro desenrolar.

Os seres acabaram por desacreditar em si e nos outros pelo fato de determinados acontecimentos que vivenciamos, mas eles esquecem que não somos 100% sólidos. O ser humano é capaz de mudanças de comportamentos incríveis, talvez muito pouco, mas talvez esse pouco seja suficiente na vida prática.

Se os seres compreendessem o poder que tem com pequenas mudanças de comportamento, com pequenas evoluções, eles vivenciariam isso sempre e sempre… 🙂

~~

Conversas que me evoluem sempre me dão vontade de escrever. Dia particularmente comunicativo… 🙂

Lila Carvalho

Sempre que penso em amor eu penso em eternidade, “felizes para sempre” ou “até que a morte os separe”, mas a realidade não é bem assim…

Ultimamente tenho pensado profundamente sobre tudo o que eu e você temos passado. Sobre tudo o que temos sentido e sobre tudo o que convivemos. Nada me parece fazer sentido ou satisfeito meu sentimento.

Tenho saudades de permanecer ao seu lado inerte no ar pesado que o nosso esforço físico deixa depois de tudo. Tenho saudades de adormecer no seu ombro com aquele sono pesado e leve ao mesmo tempo. Tenho saudades das trocas de mensagens, dos telefonemas rápidos e das conversas despretensiosas ao MsN. Tenho saudades de encostar em teu ombro e observar o tempo passar como quem não tem nada a perder, mas eu sempre tive muito a perder…

Não imaginava que por trás de tanta paz havia alguém plantando a dúvida em sua mente. Sempre soube desse inimigo, mas subestimei sua capacidade de manipulação. Acreditei de mais na sua capacidade de percepção do que realmente acontecia… Me fudi!

Hoje em dia, olho pra tudo o que aconteceu tentando imaginar o que eu poderia ter feito para que ainda estivesse aqui, dividindo meu ar e meu cansaço… Infelizmente não consigo perceber nada que eu pudesse realmente fazer, ao menos nada que não tornasse as coisas pesadas de mais pra ser um relacionamento saudável, tal qual era.

Queria que você tivesse a mesma coragem do início pra chegar e me dizer que quer ficar comigo ao menos essa noite, mas eu tenho a sensação de que o medo do que você não fez te toma de maneira que mal consegues olhar profundamente no meu olho. Pena… Pois se ao menos isso você se permitisse perceberia todo o sentimento que ainda existe no meu peito…

Você perceberia que eu também cometi meus erros. Que eu também tenho o que me perdoar e ser perdoada. Porém, não só de coragem vive o homem e, atualmente, temos que conviver com o cenário de que não nos temos mais e você simplesmente foge de mim pela pura vergonha do que fez e do que não fez, mas eu sei… Eu sei o que passa em sua mente, eu sei que você pensou em mim muito mais tempo do quê gostaria, que você queria muito mais do que poderia confessar, mas deveria tê-lo feito…

Hoje em dia, eu vivo na sua ausência. Tentando de alguma forma cobrir o vácuo que deixas-te, mas acho que terei que aprender a conviver com ele. Infelizmente vou ter que viver com ele…

Todo vácuo é, ironicamente, criado por uma antiga estrela. Todo vácuo é a lembrança de uma estrela que não existe mais. Será que o processo poderá ser revertido? Provavelmente não.

~~

Lila Carvalho

Provavelmente muitas das coisas em que acredito expostas nesse texto não existam. Provavelmente tudo o que existe em minha mente seja mentira, mas eu prefiro acreditar nisso do que ver a realidade tal qual ela é.

Vida!

Nós vivemos normalmente para os outros, mas ninguém tem a seriedade de encarar esse fato. Vejamos as seguintes situações…

Porque eu escolhi essa faculdade? Eu gosto mesmo de salto alto? Nunca curti calça apertada, porque estou vestindo isso mesmo? Meu cabelo eh o mesmo daquela garota ou é impressão minha? Eu não virei hippie ainda porque?

Você segue o que você acredita que as pessoas que você acha interessante irão seguir. Sempre foi e sempre será assim.

Mas será que alguém já percebeu isso?

Boa noite!

~~

Como seria capaz de toda a fecilidade do mundo caber em mim?

Nem sempre é normal eu logar ébria, mas senti a necessidade, e a confiabilidade de que, independente da minha situação, nada vai interferir na minha decisão!

Sinto que algo relevante está acontecendo nesse momento, e não é nada do qual eu possa interferir diretamente nesse momento. É algo que foge do meu controle, mas de uma maneira agradável!

Quizera eu, que cada momento da minha vida fosse resumido a felicidades e ebriedades tal qual este momento. Nem tudo pode ser resolvido de maneira tão negligente quanto um momento de embriaguez.

Quizera eu que tudo fosse simples, como um sorriso, como uma ave, como uma onda… mas nada se mostra simples ou perfeito!

Quizera eu, que nada fosse difícil e que nada fosse lento e devagar, tal qual a sombra de um rouxinol.

Quizera eu que você estivesse ao meu lado mais tempo do que você dispõe ter, mas é aí que está a concepção do amor. É aí que está a concepção do que pode ser amor…

De repente num é mesmo? O que é que você acha sombra?

~~

Como eh belo a dor do amor que não existiu

A noite de amor não vivida

O afago perdido no tempo

E tudo o mais que eu posso sonhar com você

Como eh belo acordar e assistir um sonho bom

Como eh infinito meu desejo de realizar tudo isso!

Como eh sem fim a vontade de me afogar em seu peito

De respirar sua pele

De saborear seu suor

Sua lacívia

Aí está a beleza desse amor inexistente, mas persistente

Persistente em mim

Persistente em você

Inexistente em nós

Neste momento o melhor poema

A melhor canção está no suspiro e na voz que diz ao meu ouvido

Tudo o que eu já desejei ouvir

Infelizmente, não é você sussurrando essas palavras fáceis

Não é você suando ao meu lado

Não é você

É uma ilusão

Tem vezes que tudo o que eu desejava era que eu realmente soubesse o que os outros pensam de mim, e exatamente o que eles querem de mim.

Sabe, os homens me parecem sempre tão confusos, e ao mesmo tempo tão certos do que querem e devem fazer… Não qual desses lados está certo no final das contas!

Tudo o que eu queria, era que as mentiras deixassem de existir, e tudo fosse claro e simples com a água cristalina num copo brilhante de cristal. Mas nem sempre as pessoas lutam no que acreditam, e nem acreditam no que lutam. Elas enganam, destroem corações e magoam pessoas ao seu redor. E normalmente magoam justamente aquela a quem mais ama, aquela que mais quer preservar, ainda não entendi porque isso acontece!

Eu so queria que o mar estivesse calmo, a lua em seu devido lugar e a companhia fosse perfeita! Meu dia não terminaria feliz caso não fosse aquele desconhecido acompanhado no meu livre caminho de casa, acompanhada da lua. Ele sempre estará naquele banco para mim. Sempre estará presente na minha vida, independente de eu estar acompanhada da lua e dele, ou de ninguém…

Confuso com o título? Eu não!

Sabe procurando imagens na internet eu vi que a palavra solidão sempre está associada com a palavra tristeza, ou algum sinônimo. Estranho para mim isso! Porque a melancolia da solidão, um dia inteiro sem contato com várias pessoas (como sempre tenho no meu dia-a-dia) me traz uma paz interior e um sossego mental que eu adoro!

Acho estranho as pessoas odiarem tanto a solidão! Pois é nela que eu vejo que eu poderei ser eu mesma independente de alguém me olhar de cara feia, eu posso rir, dançar e ser quem eu sou, do jeito que eu quizer. Eu posso até rir de besteiras que qualquer um me acharia boba por rir daquilo, mas para quê me preocupar, se eu estou sozinha?

Risada boba! E daí? ninguém está vendo mesmo!

Risada boba! E daí? ninguém está vendo mesmo!

Talvez eu não goste do meu jeito e tenha vergonha de mostrar-me do jeito que sou às pessoas. O engraçado é que sempre que eu estou sozinha eu consigo refletir sobre algo da vida e acabo amadurecendo sobre tudo que eu quero fazer, anseios, coragens, medos e tudo mais!

Continuo a repetir, é estranho as pessoas acharem estranho eu amar tanto a solidão. Acho que se eu tivesse condições eu moraria sozinha, mas acho que a barra seria muito grande. Naqueles dias de doença então, que parece o fim do mundo se levantar da cama, daí vem alguém e faz aquela comidinha gostosa para você!

É, a única coisa que pode não me agradar com tanta solidão é o fato de não ter ninguém para me bajular. E eu adoro ser bajulada!

Me lembrei agora da minha semana que foi horrível e um grande amigo meu reparou nisso. Ele viu que eu estava com um mal humor tremendo e ficou tentando insistentemente me reanimar de alguma maneira. Foi engraçado e feliz! Eu sempre ando de bom humor, é difícil alguém me ver triste ou cabisbaixa, talvez eu esteja pensativa, mas raramente triste! Daí teve um dia que, ele percebendo que estava quase impossível de melhorar o meu humor, ele mesmo ficou triste e disse: “Ow, Marília, num fica asim não que eu fico triste também!” hehehe É bom saber que tem alguém (além da mamãe) que se importa com você ao ponto de perder o ânimo por causa disso!

Obrigada amigão!

Pois é! Falei, falei, falei… Talvez um monte de bobagens, mas são bobagens que eu escrevo que me fazem bem! Procurei loucamente uma música que falasse de alegria e solidão juntas, mas todas que falavam disso era também sobre algum tipo putaria, farra, daí hoje não tem música! 😛

Boa noite povo!