Eu e mim


Iniciei esse blog com o simples intuito de refletir sobre alguns fatos da vida.

Tive e tenho meus problemas pessoais e sempre gostei de escrever no intuito de entender melhor tudo o que se passava. Sempre saíram textos e alguns poemas bem interessantes.

Estou satisfeita com tudo o que produzi nesse tempo. Tão satisfeita que decidi parar de brincar de diário de adolescente e seguir em frete. Muito da vida passou enquanto eu escrevia e muito eu vivi, mas a hora é de se despedir.

Eu tenho muita coisa para construir nesse ano e as palavras deixarão de ser teoria e passarão à prática. Minhas auto-críticas serão borrifadas ao vento e meus conselhos irão somente a quem quiser ouvir.

Então… Adeus. ^^

Lila Carvalho

Procuro pela Lua Crescente, pela eterna necessidade de vê-la.
Como um enamorado que encara a face da sua amada.
Vendo-a percebi algumas mudanças no ambiente.
As mudanças só são perceptíveis aos que se ausentam.
A Lua me perdoou pela minha ausência justamente porque sabia da foto escondida debaixo das roupas, que eu a admirava secretamente todos os dias, que eu a louvava por ser bela, mas a minha maneira.
Da mesma maneira que eu a perdoo por desaparecer nos dias de chuva.
Jamais conhecerei um sorriso como dessa Lua Crescente.
E que a Lua Cheia não me traga grandes mudanças…

 ~~

Infelizmente, não há o que entender. Boa noite!

LilaCarvalho

Eu sempre soube que os filhos imitam os pais…

Oi!

Olá!

Percebi que seu joelho está bem melhor…

Pois eh, melhorou muito durante minhas primeiras viagens do ano. Depois quando conheci um novo amigo eu descobri que ele estava quase bom.

E agora? Estás sonhando novamente?

Não! Você não me deixa dormir direito. Como eu poderia sonhar se você não me deixa?!

Eu sei, mas você percebe que o momento não é para isso, não percebe?

Percebo! Mas eu quero sonhar novamente com meu príncipe encantado…

Você sabe que ele não existe, né?

Dã! Lógico que eu sei! Ou você acha que eu sou juvenil?

Não! Mas você não é tão adulta assim!

Por isso que você tem medo de me deixar sonhar?

Sim!

Ok! O momento não é ideal, então eu vou deixar você trabalhar. Tudo bem?

Eu agradeceria muito…

Mas só pra te avisar, me joelho está perfeito, só que ficou uma marquinha feia…

É, as cicatrizes sempre permanecem para eu não esquecer da dor…

=/ Você tem que parar de ser tão pessimista!

Ok! Depois da prova eu deixo. Dai nós sonhamos juntas, ok?

Ebaaaaaaaaa!

~~

Oi, como você está com essa mudança de situação? Eu sei que faz tempo que não conversamos…

Eu acho que me enganei com o mundo. Ele é menos colorido do que eu imaginava.

Não desista! Seus sonho são o que te levam pra frente, são eles que te movimentam. E afinal, não foi divertido sonhar? Ou vai me dizer que você não desconfiava que daria errado?

Foi divertido, mas agora não é mais! Eu vislumbrei dando errado, mas não achei que ele iria aparecer tão cedo na minha frente.

Não há nada que te deixe feliz nessa história toda?

Há!

O quê?

Eu continuo com esperança nas pessoas. E eu cheguei à conclusão de que nenhum final é feliz!

Então, desistiu dos seus contos de fadas?

De maneira alguma!!! Só estou no aguardo de um novo título, para buscar um novo final feliz!

Você gosta mesmo de sonhar, né?

É! Eu realmente sou feliz quando eu sonho!

Então, sonhe! Sonhe muito menina, pois eu continuo cuidado das coisas de gente grande!

Deixa só meu joelho ralado se curar, que jájá eu sonho de novo!

🙂

~~

PS: A primeira parte da conversa é esta: https://egocentrica.wordpress.com/2010/04/21/podendo-ue/ .

O ato de escrever eh inerente ao meu ser.

Nada que eu sinta não necessariamente viram palavras. Minhas palavras não necessariamente vêm de sentimentos. Meus sentimentos não necessariamente vêm da realidade.

Tenho sentimentos que surgiram na minha imaginação, outros só cresceram nela, e outros que estão por surgir.

Quanto a esses últimos… Estou no aguardo de sua chegada!

~~

kkkkkk

Adoro quando meu estado de bebedeira revela coisas de mim mesma que eu esqueci. Mas então menina sonhadora, você ainda está aí ne?

Hum hum!

Então pode sonhar menina! Sonhe com seus contos de fada, enquanto eu me ocupo nas coisas de adulto que você ainda não entende!

Pode deixar!

~~

Próxima Página »