Na minha tentativa louca de evoluir, caminho incessantemente na loucura de compreender o ser humano. Tem enxergar entre erros e acertos, entre trancos e barrancos, a real intenção de cada um. Tentando compreender o que aquele ser sente, pelo o quê ele passar, cada miligrama de amor que ele esparrama pelo olhar, pelas palavras pelo caminho.

Todos os seres sofrem. Acredite, cada um a sua maneira sofre, ama, se ilude e se decepciona todos os dias, mesmo que não pareça…

Não consigo compreender como alguém consegue fugir do próprio sofrimento? De nada adianta descontar noutro ser. De nada adianta seguir adiante sem absorver a dor e curar a cicatriz. Nada que se faça supre a necessidade de vivenciar a dor de uma decepção.

Não falo de relacionamento homemXmulher, falo de relacionamentos. E a frase se conclui aí!

Normalmente, resumimos a falar de relações amorosas, mas toda a vivência com qualquer pessoa desenvolve uma relação. Se tratássemos cada relação como vivenciamos com nossos respectivos amores, talvez as amizades, as relações familiares e de trabalhos teriam outra perspectiva e outro desenrolar.

Os seres acabaram por desacreditar em si e nos outros pelo fato de determinados acontecimentos que vivenciamos, mas eles esquecem que não somos 100% sólidos. O ser humano é capaz de mudanças de comportamentos incríveis, talvez muito pouco, mas talvez esse pouco seja suficiente na vida prática.

Se os seres compreendessem o poder que tem com pequenas mudanças de comportamento, com pequenas evoluções, eles vivenciariam isso sempre e sempre… 🙂

~~

Conversas que me evoluem sempre me dão vontade de escrever. Dia particularmente comunicativo… 🙂

Lila Carvalho

Anúncios