março 2011


É muito triste vislumbrar um sonho ir por água abaixo por questões de politicagem e, talvez, dinheiro.

Passei o último mês infornada esperando algum resultado, porém tudo fora frustrado por nervosismo e jogo de política. Não sei de onde tanto nervosismo e não porque tanta política.

Sou Bacharel em Direito, mas ao final das contas não sou absolutamente nada. 5 anos de estudo em algo que passamos a acreditar fazer alguma diferença para chegarmos ao final do curso e nos depararmos com algo que simplesmente frustra toda essa justiça a qual aprendemos que devemos defender durante todo o curso, mas quem defende os Bacharéis em Direito da arbitrariedade que se tornou o exame de ordem?

Os professores de cursinho, sabiamente defendem nossos pontos com fundamentações fortes e profundas, mas ao final eles não podem DE FATO fazer algo.

No final das contas a OAB detém todo o poder, e vontade de fazer uma reserva de mercado é muito maior do que o real exame do concluintes em Direito.

Podem vir todos os membros da OAB dizendo que a prova tava fácil e possível o quanto quizerem. Vocês defendem a OAB eu defendo o meu direito de querer advogar. Só gostaria que fosse feita a devida Justiça pela qual aparentemente trabalhamos e estudamos. Acho que os Bacharéis merecem algo condizente e proporcional à realidade de Exame de Ordem.

Só um desabafo que não vai dar em nada. Mais um em um milhão!

~~

Saudades do tempo da ultima vez que eu vi a Lua Cheia nascer, em que minha única preocupação era sobreviver e vestibular.

No tempo em que a passagem de ônibus era de papel e custava metade do que é hoje.

No tempo em que eu acreditava que tudo seria perfeito.

No tempo em que conto de fadas poderia ser real…

Mas no final das contas, o agora sempre vai ser melhor.

Por isso eu faço questão de ser feliz todos os dias…

~~

Às vezes eu simplesmente odeio quando eu fico excessivamente reflexiva!

“Os normais consideram e consideraram loucos todos aqueles que ousaram dizer algo que fosse contra a mídia (na Idade Média, a Igreja), ou contra as tradições. O maior medo dos “normais” é ter suas convicções de toda vida jogadas em terra em apenas um minuto, ou seja, os normais temem o conhecimento, pois este faz as pessoas se livrarem da concepção de que o material e o conformismo são bons.Mas os”normais”não compreendem que não há nada mais belo que o sofrimento, as crises de identidade, os amores destruídos, são essas tristezas que inspiram os poetas, os artistas, os gênios. É sempre uma glória ser chamado de louco. Os normais só ocupam mais espaço, são mais pessoas pra comer, beber, destruir e não fazer nada. Nascem, estudam, trabalham, casam, envelhecem e morrem. São só mais pó perdido no pó. Não ousam muito, por isso perdem pouco, ganham pouco, são pobres de espírito.”

Victor Reis

~~

Sem maiores comentários, o texto fala por si só! E eu agradeço pela minha consciência todos os dias, pois é ela que me movimenta…

~~

Oi!

Olá!

Percebi que seu joelho está bem melhor…

Pois eh, melhorou muito durante minhas primeiras viagens do ano. Depois quando conheci um novo amigo eu descobri que ele estava quase bom.

E agora? Estás sonhando novamente?

Não! Você não me deixa dormir direito. Como eu poderia sonhar se você não me deixa?!

Eu sei, mas você percebe que o momento não é para isso, não percebe?

Percebo! Mas eu quero sonhar novamente com meu príncipe encantado…

Você sabe que ele não existe, né?

Dã! Lógico que eu sei! Ou você acha que eu sou juvenil?

Não! Mas você não é tão adulta assim!

Por isso que você tem medo de me deixar sonhar?

Sim!

Ok! O momento não é ideal, então eu vou deixar você trabalhar. Tudo bem?

Eu agradeceria muito…

Mas só pra te avisar, me joelho está perfeito, só que ficou uma marquinha feia…

É, as cicatrizes sempre permanecem para eu não esquecer da dor…

=/ Você tem que parar de ser tão pessimista!

Ok! Depois da prova eu deixo. Dai nós sonhamos juntas, ok?

Ebaaaaaaaaa!

~~

E com o tempo eu aprendi que é muito mais fácil aprender com os erros dos outros do que viver todos eles.

Afinal, nunca teremos tempo para tanto!

~~