dezembro 2009


Pois eh… 2009 já disse adeus e chegou na porta de saída.

Fazendo um balanço breve do meu ano a uns 10 dias atrás eu teria feito esse post de maneira totalmente pessimista e desanimada. Como eu disse para uma amiga minha, teria embrulhado 2009 num jornal velho, amarrado com barbante e enviado direto para o cesto do lixo, mas de repente a minha vida deu uma guinada e tudo pareceu se acertar de uma maneira tão surpreendente que eu sou capaz de dizer agora que 2009 foi um dos melhores anos da minha vida! E de longe!

Reparando bem, toda essa guinada começou numa das minhas discussões com a minha mãe, em que a descrição dela para o meu ano era resumida no término do meu namoro (de 4 anos!!!) e só! (Como se a minha breve existência fosse baseada nos homens.) E para minha surpresa, era exatamente assim que eu pensava naquele momento!

Quando fui analisar o meu ano me recordei da quantidade de gente q eu conheci, das viagens planejadas e improvisadas que eu fiz, do tema da minha monografia que já está à caminho, no término do meu relacionamento (depois me lembrei que eu queria o fim!), na conquista de milhões de amigos, nas paixões que tive, platônicas ou não, e na minha cara de pau para ligar p quem eu desejava!

Mas a melhor parte foi conhecer a atual do meu ex. É exatamente isso o que você ouviu! Fiz amizade com a namorada do meu ex e, francamente, essa amizade, fortalecida exatamente ontem, fechou meu 2009 com chave de ouro!

Definitivamente eu sou estranha!

Mas que agora 2010 chegue com tudo de bom para mim e para todos nós, pois não há nada que não possa ser realizado se você não tentar! E nada que possa ser vivido, que não mereça a devida atenção, pois todo momento é momento de ser feliz, hoje, agora e sempre!

E lembrem-se, para ter resultados diferentes são necessárias atitudes diferentes!

Até ano que vem! 🙂

Amor para recomeçar – Frejat

Eu te desejo
Não parar tão cedo
Pois toda idade tem
Prazer e medo…

E com os que erram
Feio e bastante
Que você consiga
Ser tolerante…

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero…

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar…

Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um
Você possa confiar
E que tenha até
Inimigos
Prá você não deixar
De duvidar…

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero…

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar…

Eu desejo!
Que você ganhe dinheiro
Pois é preciso
Viver também
E que você diga a ele
Pelo menos uma vez
Quem é mesmo
O dono de quem…

Eu desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar
Prá recomeçar…

Anúncios

Sempre que me pego em dúvida imagino a vida daqui para frente, e a imagem turva se faz nítida em minha frente, e o medo some pra lutar por aquilo que acredito e que sempre vou acreditar. Porque eu posso até imaginar tudo, porém o futuro nunca será certo, o passado já se foi de mim e o presente me traz a certeza de poder realizar o impossível!

Tenho em minha mente tudo o que desejo falar

Mas nada sai

Tenho na minha cabeça tudo o que sinto a expremir

Mas nada sai

Tudo a seu tempo

Cada coisa a seu tempo

Acredite

As palavras estão a caminho

E quando chegarem

Vou segurá-las nas mãos feito nuvens

E as torcerei feito chuva.


(inspiração de A menina que roubava livros)

“Ela disse adeus, e chorou,
já sem nenhum sinal de amor.
Ela se vestiu, e se olhou;
sem luxo, mas se perfumou.
Lágrimas por ninguém,
só porque, é triste o fim.
Outro amor se acabou.”

Paralamas do Sucesso