maio 2009


Confuso com o título? Eu não!

Sabe procurando imagens na internet eu vi que a palavra solidão sempre está associada com a palavra tristeza, ou algum sinônimo. Estranho para mim isso! Porque a melancolia da solidão, um dia inteiro sem contato com várias pessoas (como sempre tenho no meu dia-a-dia) me traz uma paz interior e um sossego mental que eu adoro!

Acho estranho as pessoas odiarem tanto a solidão! Pois é nela que eu vejo que eu poderei ser eu mesma independente de alguém me olhar de cara feia, eu posso rir, dançar e ser quem eu sou, do jeito que eu quizer. Eu posso até rir de besteiras que qualquer um me acharia boba por rir daquilo, mas para quê me preocupar, se eu estou sozinha?

Risada boba! E daí? ninguém está vendo mesmo!

Risada boba! E daí? ninguém está vendo mesmo!

Talvez eu não goste do meu jeito e tenha vergonha de mostrar-me do jeito que sou às pessoas. O engraçado é que sempre que eu estou sozinha eu consigo refletir sobre algo da vida e acabo amadurecendo sobre tudo que eu quero fazer, anseios, coragens, medos e tudo mais!

Continuo a repetir, é estranho as pessoas acharem estranho eu amar tanto a solidão. Acho que se eu tivesse condições eu moraria sozinha, mas acho que a barra seria muito grande. Naqueles dias de doença então, que parece o fim do mundo se levantar da cama, daí vem alguém e faz aquela comidinha gostosa para você!

É, a única coisa que pode não me agradar com tanta solidão é o fato de não ter ninguém para me bajular. E eu adoro ser bajulada!

Me lembrei agora da minha semana que foi horrível e um grande amigo meu reparou nisso. Ele viu que eu estava com um mal humor tremendo e ficou tentando insistentemente me reanimar de alguma maneira. Foi engraçado e feliz! Eu sempre ando de bom humor, é difícil alguém me ver triste ou cabisbaixa, talvez eu esteja pensativa, mas raramente triste! Daí teve um dia que, ele percebendo que estava quase impossível de melhorar o meu humor, ele mesmo ficou triste e disse: “Ow, Marília, num fica asim não que eu fico triste também!” hehehe É bom saber que tem alguém (além da mamãe) que se importa com você ao ponto de perder o ânimo por causa disso!

Obrigada amigão!

Pois é! Falei, falei, falei… Talvez um monte de bobagens, mas são bobagens que eu escrevo que me fazem bem! Procurei loucamente uma música que falasse de alegria e solidão juntas, mas todas que falavam disso era também sobre algum tipo putaria, farra, daí hoje não tem música! 😛

Boa noite povo!

Anúncios

Pois eh… Acabou! E agora, eu acredito, de uma vez por todas. Será pecado querer algo melhor para si mesmo? Espero que não! Pelo menos eu ainda tenho ele para me ajudar um pouco, mas ainda não tive oportunidade de vê-lo nos útilmos dias… Espero que o meu fds seja melhor!

Bem, amanhã vou ter que acordar cedo, pelo menos eu tenho Deus ao meu lado, e me parece que ele espera um pouco mais de mim para os planos dele. Espero que não seja algo sério, porque se for eu to metida numa encreca. (para não dizer outra coisa)

Hum… Mas existe uma certa probabilidade de eu juntar um povo para beber esse fds, muito rara, mas existe. Nem que seja um vinho mais ou menos… Ou até mesmo uma boa dose da minha queridinha enquanto relaxo em ksa… Ou uma água de côco no domingo de manhã acompanhada de uma boa amiga (se a chuva der uma trégua, é claro!)

Eu acho que a solução que eu busque para agora seja outra… Se bem que não é uma idéia tão boa assim, apesar de ser a mais fácil. Com certeza me aparecerão outras idéias… Alguém tem alguma sugestão?

Gente, antes que vocês pensem em besteira estou falando de chocolate viu?! Mas com certezem ao lado de uma boa companhia qualquer coisa é irrelevante, e até desnecessário eu diria… X}

Vai aí uma música que tem uma certa realidade no nosso dia-a-dia. Principalmente na parte do “amigo”…

Como diria Odair – Zeca Baleiro

A felicidade é uma coisa tão difícil
Tão difícil de conseguir
Mas de vez em quando ela chega
Quando menos se espera
Quando nada se espera
Ela vem
E fica um pouco aqui comigo
Por algumas horas, minutos, segundos

Como já falou o sábio poeta Odair
Ouve aí:
Felicidade não existe, só momentos felizes
No mais são cruzes e crises

Sempre que eu tô feliz
Logo vem um infeliz
Se fingindo de amigo
Querendo apagar o meu sorriso
Que é o mais próximo do paraíso que eu consigo

Quando menos se espera
Quando nada se espera
Ela vem, vai, vem, vai, vem, vai, vem, vai
Vem, vai, vem, vai, vem, vai, vem, vai…

Pois eh meu povo, estou em deprê total, ainda bem que eu tenho muitas coisa para me ocupar e eu não fico pensando muito nisso… Boa noite! Amanhã terei que acordar relativamente cedo e já esta muito tarde! Espero que o meu dia amanhã seja melhor!

(Pato Fu)

Você pensa que faz o que quer
Não faz
E que quer fazer o que faz
Não quer
Tá pensando que Deus vai ajudar
Não vai
E que há males que vêm para o bem
Não vêm
Você acha que ela há de voltar
Não há
E que ao menos alguém vai escapar
Ninguém

Paro pra pensar
Mas não penso mais
De um minuto
Sem pensar em alguém
Que não pára pra pensar em ninguém

Você acha que eu tenho demais
Roubei
Você acha que eu não sou capaz
Matei

Pois eh… não sei se o que eu faço eh o que eu não quero, ou se o que eu quero eh o que eu não. Será que tem diferença? Talvez sim, mas francamente outro dia eu penso nisso!

E eu me perco em pensamentos...

E eu me perco em pensamentos...

O ponto da questão hoje eh que Daniel e eu brigamos o fim de semana inteiro, sem a menor causa aparente. E eu sei que eu perdi um fim de semana sem carinho, sexo ou atenção, ou seja, eu estou carente de tudo isso já citado. No meu caso o que mais faz falta eh o beijo e eu estou realmente cogitando a possibilidade de procurar uma certa pessoa, mas ainda não sei.

Até porque tudo que me vem a mente com relação a essa pessoa não são coisas boas (no sentido do resultado final), estou com muito medo de estar me apaixonando por uma pessoa que não me levará a sério em nenhuma circunstância, a não ser que eu tome algum tipo de atitude agora, mas tem que ser aquela atitude, num vai ser qualquer coisa que vai dobrar esse homem pro meu lado não viu?! Só com a mínima possibilidade de ele já estar apaixonado por mim também. Não é impossível, mas é beeeeeeeeeeem pouco provável!

Aiaiai… Acho que eu nunca senti tanta falta de Daniel como agora, só que o maior problema eh que o Daniel que eu quero não eh o mesmo que vem pra cá… Estranhou? Ele mudou; ele espera algo de mim e eu dele; ele não me trata do mesmo modo; a paciência dos dois acabou e tudo me parece perdido agora… Assim como o meu juízo que sumiu na outra semana…

Acho que eu vou continuar perdida por muito tempo ainda… Queria que fosse diferente, mas não é, infelizmente!

Espero que ele venha atráz de mim amanhã, estou precisando dele…

Fim de semana ótimo, religiosamente falando! Tive a primeira reunião da igreja para o encontro anual e tudo fluiu. Tive novamente um mixer de sentimentos me que eu via meu desejo de santidade e de pecado se confundirem e se chocarem.

Odeio quando isso acontece dentro de mim!

Acho que às vezes eu tenho medo do que Deus guarda para mim, tenho medo de que ele queria que minha missão seja muito mais do que o que eu já faço normalmente, tenho medo de que seja algo muito maior.

Acho que eu amo o pecado em sua forma mais sublime e capiciosa… =/

Mas aí o Espírito Santo vem e me guia ao caminho certo, e eu nunca consigo não seguir esse caminho. Não sei se “Graças a Deus.” não sei se “Poooxa, eu queria curtir mais!”, se é que você me entende…

...e que meu bolo cresça bastante. Amém.

...e que meu bolo cresça bastante. Amém.

Mas eu amo essa sensação de felicidade pura e simples, de que nada d+ é necessário para que sejamos felizes e que a felicidade está ao nosso lado, é só sermos melhores para ela. Eu sei que minha fé tinha encolhido e esta voltando novamente a crescer como um bolo que acabou de entrar num forno, e aos poucos esse forno vai aquecendo até vira um saboroso e belo bolo… Analogia estranha, mas real. Afinal todas as vezes que estou diante Dele eu peço ” Eu creio, mas aumentai a minha fé.” Aiaiai…

O quê farei então com as coisas capiciosas e maravilhosas que tem acontecido na minha vida? Acho que vai ser difícil resistir, mas eu não precisarei de tanto, jájá o pecado vai embora por si só. Eu tenho a proteção de Deus e a interferência de Maria ao meu lado, pos isso que as coisas estão acontecendo do jeito que estão….

Graças, Pai

Graças, Pai, venho te dar e prostrar-me aos Teus pés
Somente para agradecer somente para dar-Te graças
Pois não encontro outras palavras em meu ser
Graças, Pai, sei que Te fiz chorar
Por ser um mal-agradecido, por não haver Te obedecido
Mesmo assim me tens amado, não me tens abandonado,
Permaneces ao meu lado, venho agradecer.
Graças, Pai, por amar-me numa cruz, com amor incomparável
Em Teu Filho Jesus
Graças, Pai, por Teu amor e Tua bondade, por Tua força e amizade
Por ser um Pai leal, sempre leal
Graças, Pai, pelos pequenos e belos detalhes
Por cada coisa que me destes, por cada coisa que me negaste
Mais que isto, graças, Pai, por Ti mesmo e pelo que És
Por Ti mesmo e como És, venho agradecer
Graças, Pai, por amar-me numa cruz, com amor incomparável
Em Teu Filho Jesus
Graças, Pai, por Teu amor e Tua Bondade, por Tua força e amizade
Por ser um Pai leal, sempre leal
Graças, Pai, pelas dores e alegrias, por estar sempre ao meu lado
Por Teu grande amor, meu Senhor
Graças,
Pai…
Graças, Pai…
Graças, Graças,
Graças

Aiaiai… Ontem cometi um dos maiores pecados que eu poderia cometer nesses tempos de Igreja, (Segue-me ja começou!) o pecado da gula! :O Como eu disse outro dia: “O negócio é comer muito chocolate”. Por que eu tinha que obedecer os meus instintos? Aiaiai

Dai tem reunião da Igreja e la vem todo mundo falando em pecado e eu com remorço! E toda vez que eu lembro do ocorrido me vem um misto de satisfação e culpa. O que fazer? Mas sejamos francos, pior que o pecado da gula tem outro ne? Ou não?

Aiaiai… Melhor é tentar para de pensar em qualquer pecado. Bem difícil hein? E já sabendo que eu não vou tentar… Que minha alma seja salva! (Pelo menos vou parar de usas o Teu nome em vão, ok?)

Algo mais a dizer? Acho que eu superei aquele homem lindo de 1,85m, passei a enlouquecer por outro um pouco menor (bem pouco), mas tão quanto tentador. Que meu bem não leia isso!

Obs: Ainda não achei meu juízo na bagunça do meu quarto, to achando que ele sumiu no domingo quando eu fiquei bêbada junto com o chocolate que eu tinha comido! aiaiai

Meu Deus! Meu Deus! Meu Deus! O que deu na minha cabeça? Onde já se viu uma moça deireita como eu imaginar tudo isso? :O

Calma Marília! Você consegue para de pensar naquele gato, 1,85 de altura, ombros largos, olhos penetrantes e castanhos, escondidos atrás de um óculos de grau, cabelos também castanhos, iteligente, tímido, safado, cafageste e bem sucedido! Aiaiai (suspiro)

Ô meu Deus! Salve-me da tentação!

Ô meu Deus! Salve-me da tentação!

Passei o dia inteiro hoje pensando nele, e ontem, e antes de ontem, e antes daquele dia… Estou me sentindo ridiculamente apaixonada, mas ao mesmo tempo me sinto como se tudo fosse apenas uma brincadeira. Será mesmo? Não sei! Eu só sei que eu quero, mas não posso!

Ô meu Deus! O pior é que eu tenho certeza de que se ele vier atrás de mim eu não resistirei áqueles olhos penetrantes! O que farei?

E ainda tem Daniel lá longe me deixando doida de saudade, daí me aparece esse aí para me roubar o juízo de vez! Ai que tentação!

O negócio é comer muito chocolate, gastar a energia na academia e tomar banho de água fria para acalmar, porque senão eu piro!

Ô homem lindo! (suspiro super longo)

Melhor ir! Eu devo ter um pouco de juízo perdido em algum lugar desse quarto!