Aiaiai… Ontem foi 1º de abril e nenhuma mentira saiu de minha boca. A não ser brincadeiras idiotas com amigos do gênero…”vc é lindo!” ou “eu t amo”…coisas lesas que a gente faz para irritar (ou seria incitar?) um ao outro! Mas eu supero!

Tudo parece estar encaixado e feliz, mas até quando? Ontem, conversando durante o almoço com colegas de trabalho, me perguntaram o que eu sentia por ele, e para minha surpresa não soube responder ao certo. Será que eu de fato ainda sinto alguma coisa por ele, ou estou apenas acostumada com sua presença e companhia?

Será que se eu encontrar alguém de quem eu goste eu o abandonarei e pronto? …

Dúvidas e mais dúvidas! Espero que ele jamais leia esse blog!

Eu percebo que em sua ausência ele não me traz saudades, mas quando a gente se encontra, parece que voam fogos de artifício e tudo é simplesmente perfeito! A química é quase que inevitável! E tudo de repente vira um conto de fadas, mas será que terá afinal um final feliz?

Tudo o que consigo imaginar agora é a gente se encontrando na semana santa e tentando se reconciliar, e se reconciliando. E logo em seguida a distância e as brigas! Porque que tudo tem que ser assim?

Acho melhor acabar com esses pensamentos loucos e sombrios por aqui!

No final das contas a minha única conclusão é a de que se eu tiver uma filha eu jamais contaria a ela contos de fada. Isso é tudo mera ilusão!

The end!

Anúncios